segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Resenha do Filme O caçador de pipas


Um contador de Historias

O filme mostra como é a política covarde do Talibã e uma sociedade cheia de preconceitos, ensina a dar valor a amizade, proteger as pessoas que amamos, e buscar sempre a justiça para não ficarmos escravos do passado. Especialmente a acreditar que nunca é tarde para nos redimir dos nossos erros. Uma obra bem elaborada por Marc Foster, adaptação eficiente e direta do Best-seller, O caçador de Pipas do autor Khaled hosseini, livro que nos faz refletir sobre valores, e também as evidentes e reais dificuldades da cultura afegã. O livro que só nos EUA vendeu mais de dois milhões de exemplares e esta sendo considerado sucesso da literatura mundial. E como filme, recebeu duas indicações ao globo de Ouro.
O caçado de pipas conta a historia de dois amigos inseparáveis, Amir Qadiri, um garoto de grandes sonhos, rico e um pouco covarde, e seu amigo Hassan um garoto pobre, filho de um criado e Hazara¹. Também tem como inimigos, Assef e sua turma, por conta da rivalidade que houve no campeonato de pipas no inverno em 1975, e no preconceito de Assef por Hassan ser de uma casta inferior. Em dezembro de 1979 houve a invasão soviética fazendo com que Amir e seu Pai deixassem o Afeganistão e partissem para Fremont, Califórnia. Em 1988, se apaixona por uma bela moça, filha de um importante coronel, foi difícil, mas pouco antes da morte de seu Pai, ele finalmente conseguiu a aprovação do sogro. Depois de casado consegue publicar seu primeiro livro, “Uma estação de Cinzas”, que dedicou a Rahim Khan quem tinha enorme admiração. O velho amigo de seu pai morava na Paquistão e encontrava-se muito enfermo, que pediu para que fosse vê-lo. Ao chegar Rahin lhe fez como ultimo pedido o apelo de encontre o filho de Hassan em Cabul. Amir a princípio nega, ele o convence após lhe contar que Seu amigo na verdade era seu irmão bastardo, o que fez Amir se recordar da injustiça que havia cometido e sua infância, por covardia, deixando que o perverso Assef o molestasse por fidelidade a Amigo, pois Hassan saiu para pegar a Pipa como presente a Amir, que estava escondido, viu tudo e por medo não tomou nenhuma atitude. Agora, depois de 20 anos quer se redimir pelo erro do passado, e volta a Cabul, chegando vai a procura de Sohrab, o mesmo foi levado por seu antigo inimigo Assef, ao encontrado é travado uma briga, que acaba com um golpe de Sohrab na olho do vilão e conseguem fugir, Voltam para Califórnia, Amir ensinou-o a empinar pipas e contou que seu pai era o melhor caçador de pipas de cabul, por fim, faz a promessa que Hassan tinha feito ainda quando criança a Amir; “Pegarei a pipa pra você mil vezes”. Depois de Hassan morrer defendendo a fidelidade dele a Amir, isso é o mínimo que ele deveria oferecer a seu sobrinho.








¹Hazara: grupo de oposição talibã, os Hazaras compõe um quarto da população afegã mas sempre foram considerados forasteiros, por causa de seus traços asiáticos são considerados de uma casta inferior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário